Portuguese English French German Italian Russian Spanish
Linfadenite Caseosa (Pseudotuberculose)

Linfadenite Caseosa (Pseudotuberculose)

A Linfadenite Caseosa (Pseudotuberculose) É enfermidade infecto-contagiosa crônica de localização principal nos pulmões e linfonodos de ovinos e caprinos.
 
Etiologia
- Corynebacterium pseudotuberculosis
- Gram + resistentes a dessecação, sensível ao sol e desinfetante comuns.
 
Epidemiologia
- Acomete ovinos e caprinos e eventualmente bovinos, sem distinção de sexo entre 1 e 2 anos de idade.
 
Distribuição
- Cosmopolita;
 
Transmissão
- As fontes de contaminação estão no solo, água, alimentos contaminados por fezes dos animais doentes de muco nasal e bucal e descargas de abscessos rompidos.
- Reservatórios: São os próprios doentes;
- Morbidade: Variável – depende da higiene – 10 / 50%
- Letalidade: Difícil estabelecer, pois os jovens vão para abate e os adultos vão depauperando (doença progressiva crônica) não tem cura.
 
Patogenia – Animais com múltiplos focos de abscessos. Ocorre caquexia, toxemia e morte.
Vias de infecção
Via Respiratória - é a via mais comum. Maior frequência de lesões pulmonares e linfonodos mediastinais.
Via Cutânea - é a via mais importante. Causada por ferimentos de tosquia, caudectomia, marcação de orelha. É mais comum no agreste brasileiro devido aos ferimentos causados por plantas com espinhos (vegetação traumatizante), sol forte e falta de higiene.
Via Sanguínea - Abscessos. Quando evoluído apresenta organização interna de pus, em capas concêntricas dando aspecto de cebola. Formação de abscessos. Não drenar caso não esteja organizado e evoluído.
Via Digestiva - Menos importante. 
 
Instalação do Microorganismo
Na instalação ocorre uma quimiotaxia de neutrófilos gerando pus caseoso e denso que se incapsula formando abscessos. Estes se desidratam e ocorre infiltração de sais de cálcio. À necropsia range ao corte de faca.
 
Diagnóstico
Clínico - Biopsia - Nos casos onde os sinais são inaparentes (condenação de carcaça) Em casos com sinais  Caquexia progressiva e anemia; linfonodos hiperplásicos, dispnéia, aumento de volume cutâneo, mastite nodular.
Definitivo - Isolar o agente.
Diferencial - Tuberculose.
 
Prognóstico
Ruim (medicamentos não atingem a concentração terapêutica dentro das lesões)
 
Tratamento (discutível)
Antibioticoterapia (agente sensível).
 
Profilaxia
- Boa higiene – aplicação de desinfetantes nas instalações;
- Evitar traumas;
- Separar os animais com linfonodos aumentados;
- Manobras cirúrgicas em locais limpos;
- Desinfecção do instrumental com desinfetantes.
 
  • Nunca administre qualquer tratamento sem consultar um profissional da área. Esse site é meramente informativo e não oferecemos consultas gratuitas.
LINK:

Sobre o autor

Website.: www.facebook.com/mundovetanimal

Graduado em Medicina Veterinária pelo Centro Universitário de Rio Preto - UNIRP. Atua em clinica medica, terapêutica, cirúrgica e reprodução de pequenos e grandes animais..

CRMV: 23.859 / SP

Contato: (17) 3262-1266 / 99199-1004 / 98170-6049
Av. Sete de Setembro, 771 - Centro - Nova Granada/SP

 
E-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Mais recentes de Vitor Silva Pasqueto

Mais Vistos

Principais raças de ovinos

Principais raças de ovinos

Aqui estão listadas as principais raças de ovinos onde podemos...

Confinamento de boi de corte

Confinamento de boi de corte

É chamado de confinamento o sistema de criação de bovinos...

Abscessos causados por brigas em gatos

Abscessos causados por brigas em gatos

Um abscesso se desenvolve quando germes ficam presos sob a...

Ausência de ânus em cães e gatos

Ausência de ânus em cães e gatos

Atresia anal associada a fístula retrovaginal em cães A ausência...

Sanidade em pequenos ruminantes

Sanidade em pequenos ruminantes

A produção de pequenos ruminantes tem apresentado um crescimento mundial...

Ingestão de corpo estranho em cães

Ingestão de corpo estranho em cães

Com grande frequência atendemos pacientes onde os tutores relatam a...

Verminose Equina

Verminose Equina

Os equinos apresentam grande variedade de parasitos, principalmente vermes. Algumas...

Cólica Equina: Causas,Tratamentos e Prevenção

Cólica Equina: Causas,Tratamentos e Prevenção

A cólica equina é uma doença que afeta o aparelho digestivo e...

Hipoglicemia - Perda de consciência e estado de coma

Hipoglicemia - Perda de consciência e estado de coma

A baixa taxa de açúcar no sangue, tecnicamente chamada de...

Colostragem de bezerros leiteiros

Colostragem de bezerros leiteiros

Um dos aspectos mais importantes no sucesso na criação de...

Febre do leite ou hipercalcemia puerperal

Febre do leite ou hipercalcemia puerperal

Paresia bovina do parto, ou também conhecida como Febre do...

Carrapatos transmitem infecções aos seres humanos e animais

Carrapatos transmitem infecções aos seres humanos e animais

Os carrapatos afetam muito mais os cachorros do que os...

O gato Persa

O gato Persa

História   Por volta dos anos 1600, um viajante Italiano,...

Fornecimento de feno de alfafa picado ou peletizado para bezerros leiteiros

Fornecimento de feno de alfafa picado ou peletizado para bezerros leiteiros

A inclusão de forragem na dieta de bezerros leiteiros foi...

Linfadenite Caseosa (Pseudotuberculose)

Linfadenite Caseosa (Pseudotuberculose)

A Linfadenite Caseosa (Pseudotuberculose) É enfermidade infecto-contagiosa crônica de localização...

Raça: Maine Coon

Raça: Maine Coon

História   Uma das raças mais antigas na América do...