Portuguese English French German Italian Russian Spanish
O que é o Agronegócio? dfz

O que é o Agronegócio?

É um sistema integrado; uma cadeia de negócios, pesquisa, estudos, ciência, tecnologia, desde a origem vegetal/animal até produtos finais com valor agregado, no setor de alimentos, fibras, energia, têxtil, bebidas, couro e outros.  Na década de 50, os professores Ray Goldberg e John Davis, da Universidade de Harvard, constataram que “as atividades rurais e aquelas ligadas a elas não poderiam viver isoladas”. Utilizando fundamentos de teoria econômica sobre as cadeias integradas, construíram uma metodologia para estudo da  cadeia agro alimentar e cunharam o termo agribusiness, que sintetizava sua nova visão.

Foi estudando as transformações e a reestruturação da agricultura que os dois economistas norte americanos cunharam este termo em 1957, definindo como: soma total das operações de produção e distribuição de suprimentos agrícolas; as operações de produção nas unidades agrícolas; e o armazenamento, processamento e distribuição dos produtos agrícolas e itens produzidos com eles. 

Os princípios econômicos que se aplicam ao setor primário são válidos para os outros setores da economia: secundário (indústria) e terciário (comércio, serviços, transportes, etc.); porém, a agricultura guarda determinadas características que, se não forem bem observadas (respeitadas ou percebidas), podem frustrar qualquer planejamento no setor ou na cadeia produtiva.
 

Caracteristicas da Agricultura:

  • Relações biológicas

  • Importância da terra com suas qualidades

  • Importância do clima
    - oferta sazonal (determinada época) de produção
    - oferta sazonal por fatores produtivos
    - sazonalidade no uso e serviços dos fatores de produção

  • Indústria a céu aberto (fábrica sem telhado) – risco maior e dificuldades de securitização

  • Importância da fitossanidade (pragas e moléstias)

  • Mão-de-obra menos qualificada, sujeita a sazonalidade e diversidade de operações

  • Maior sujeição as barreiras não-tarifárias (técnicas, sanitárias e fitossanitárias)

  • Riscos maiores (chuvas, secas e outros fatores acidentais – pragas e moléstias)

  • Aproximação de mecanismos de competição pura (oferta-demanda)

  • Produtos homogêneos

  • Competição pura

  • Muitas propriedades

  • Altos custos de informação

  • Livre entrada e saída

  • Tomadores de preços

Caracteristicas da Industria:

  • Relações mecânicas/tecnológicas

  • Simples local físico de instalação

  • Clima = pouco afeta
    - oferta constante
    - demanda constante (rotinização do cotidiano)

  • Garantia e proteção (via seguro)

  • Importância reduzida

  • Mão-de-obra qualificada e especializada (rotina de operações)
    Menor sujeição

  • Riscos menores = maior controle

  • Aproximação de oligopsônio (comprador) e oligopólio (vendedor)

  • Produtos diferenciados (diferenciação, diversificação e segmentação de mercado)

  • Oligopólio

  • Poucas empresas

  • Domínio da informação

  • Produto heterogêneo

  • Restrição à entrada e saída

  • Formadores de preços

Agronegócio Brasileiro
O agronegócio brasileiro caminha para a próxima década com foco na competitividade e na modernidade, fazendo da utilização permanente da tecnologia um caminho para a sustentabilidade. Os números desta publicação atualizam o potencial de 26 atividades produtivas prósperas, seguras e rentáveis. Em um cenário promissor, os resultados das projeções do Mapa mostram crescimento no setor agropecuário e florestal no periodo 2012/13 - 2022/23, o que nos permitirá abastecer anualmente um total de 200 milhões de brasileiros e gerar excedentes exportáveis para algo em torno de 200 países. O saldo é um mercado agrícola e pecuário interno forte e uma balança comercial que gera mais de 100 bilhões de dólares a cada ano.
 
A questão principal a ser respondida é: quais os fatores que levam o Brasil a invejável posição internacional de ser um dos principais fornecedores de alimentos e matérias primas para o mundo? Em primeiro lugar, pela disponibilidade de área para a produção de grãos, carnes e plantações de  florestas comeciais. Em seguida, por possuirmos entre 12 e 18% da água docedo planeta, assim como insolação e chuvas regulares na maioria das regiões brasileiras. A política agrícola, seja como crédito de investimento, custeio e comercialização, associada à defesa sanitária animal e vegetal, igualmente dá sustentação para o desenvolvimento de todas as cadeias produtivas. Outro fator é a utilização de tecnologias que aproveitem melhor o solo, reduzam o uso de agroquímicos e diminuam uma parcela importante dos gases de efeito estufa que causam aquecimento global. Finalmente, temos produtores engajados no aumento produtivo a partir da modernização nos campos brasileiros.
 
Vamos trabalhar para diminuir os gargalos da produção, como déficit de armazenagem, vias de transporte intermodal rodoviário, ferroviário e aquaviário, eclusas nas hidroelétricas para passagem de produção e, por fim,portos mais ágeis e competitivos que reduzam custos para o setor produtivo. É compromisso do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento implementar ações para diminuir essas carências e garantir que até 2022/23 esses problemas não continuem restringindo tanto a produção quanto às exportações brasileiras. Nosso crescimento será pautado pela sustentabilidade ambiental, ganhos de produtividade da terra com preservação do meio ambiente, tecnologias que  reduzam custos e tragam maior renda aos produtores, assim como resultados  que proporcionem maior qualidade de vida para toda a sociedade brasileira.
 
Antônio Andrade - Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa)

Mídia

Crescimento do agronegócio brasileiro é o tema do Cenas do Brasil tvnbr
  • Nunca administre qualquer tratamento sem consultar um profissional da área. Esse site é meramente informativo e não oferecemos consultas gratuitas.
LINK: