Portuguese English French German Italian Russian Spanish

Essa doença é também conhecida como Hiperparatiroidismo Secundário Nutricional ou Cara Inchada.

 

Etiologia:

É uma deficiência de Cálcio, ocasionada por nutrição com alto teor de FÓSFORO.

Acometendo equinos até 7 anos de idade.

 

Sintomas Clínicos:

Animal apresenta claudicação (manca) devido a lesões articulares degenerativas, nos tendões e nos ligamentos.

Podem ocorrer fraturas espontâneas nas regiões distais (extremidades), principalmente falange e ossos sesamóides.

Abaulamento dos ossos frontal, nasal, maxilar e zigomático (cara inchada). É o primeiro local de atividade osteoclástica. Inicialmente é mole e com o passar do tempo vai endurecendo.

 

Fisiopatologia:

Devido a ingestão de alta concentração de fósforo (PO4), ocorre um desequilíbrio na proporção cálcio: fósforo e o organismo tenta compensar aumentando a proporção de cálcio realizando atividade osteoclástica.

A Paratireóide aumenta a secreção de paratormônio (PTH), que no rim reabsorve cálcio e estimula a tireóide a produzir calcitonina que tem atividade osteoclástica e os primeiros ossos atingidos são os da face e estes perdem densidade e ocorrerá substituição do tecido ósseo pelo tecido fibroso promovendo uma desconfiguração da face do animal (cara inchada).

Se houver persistência na substituição tecidual a desconfiguração se torna irreversível.

É muito comum em pôneis e quarto de milha.

 

Diagnóstico:

  • Sinais Clínicos;
  • RX (rarefação óssea);
  • Exames laboratoriais:

 

Tratamento:

  • Borogluconato de Cálcio;
  • Melhorar manejo nutricional.
Publicado em Enfermidades

Etiologia:

Causada por uma bactéria Gram+ chamada Streptococcus equi.

Sintomas:

  • Animais jovens e idosos são mais susceptíveis;
  • Inflamação do linfonodo retro-faríngeo unilateral ou bilateral (papo) – pode vir a fistular para o interior ou exterior;
  • Região do linfonodo fica dolorida, quente, com aumento de volume;
  • O animal estica o pescoço e abaixa a cabeça (desconforto respiratório);
  • Não corre mais;
  • Tosse e espirros;
  • Febre baixa;

 

Patologia:

  • Atingem principalmente os linfonodos retro-faringeanos infartando-os e tornando-os purulento, formando um abscesso e fistulando para dentro (pneumonia aspirativa) ou para fora depois de 4 a 20 dias;

 

Diagnóstico:

  • Clinico – pelos sintomas pode ser suficiente;
  • Laboratorial: esfregaço de material catarral;
  •  Hemograma;

 

Prognóstico:

  • Bom sem comprometimento pulmonar, de linfonodos ou de outros órgãos internos;

 

Tratamento:

  • Antibiótico penicilina;
  • Seguir a linha do vento – coloca-lo na ultima baia;
  • Melhorar a cama;
  • Isolamento;

 

Profilaxia:

  •  Vacinar após 3 meses de idade; diminui incidência de quadros graves
  •  Quarentena para animais de fora

 

Publicado em Enfermidades
Atualmente a alimentação do cavalo está completamente alterada. Isto deve-se à sua progressiva domesticação e ao tipo de esforço físico a que estão sujeitos. A sua dieta é agora muito mais controlada e existe um vasto de alimentos disponíveis comercialmente.
 
Para que o cavalo tenha uma dieta bem equilibrada é essencial que contenha todos os elementos seguintes:
Água - A necessidade de água de um cavalo depende da temperatura, da quantidade de exercício, da sua alimentação e da sua idade. Um jovem cavalo tem na sua constituição cerca de 80% de água enquanto que num cavalo adulto esta percentagem está entre os 50% e os 60%.
 
Hidratos de Carbono - Estão presentes no amido, cereais, nos açúcares e em certos componentes das fibras.
 
Óleos e Gorduras - Os óleos estão presentes em pequenas quantidades na maioria dos alimentos comerciais e é geralmente acrescentado à dieta do cavalo sobre a forma de óleo vegetal. Estes contém duas vezes e meia mais energia do que os hidratos de carbono, sendo assim fontes de energia concentrada.
 
Fibras - Encontram-se em todos os alimentos principalmente no feno e na palha e são um elemento muito importante na dieta do cavalo.
 
Proteínas -  Ao serem decompostas dão origem aos aminoácidos que são utilizados no crescimento, na gravidez, na produção de leite e na reparação de tecidos.
 
Minerais - O equilíbrio de minerais mais importante é o do cálcio e do fósforo, com uma relação de cerca de uma parte e meia de cálcio para uma parte de fósforo.
 
Vitaminas  - As vitaminas principais são A, D, E, K e o grupo B. Ajudam a controlar as reacções químicas e bastam pequenas quantidades para manter a saúde. Alimentos como o feno são pobres em vitaminas enquanto que a erva e os alimentos verdes são boas fontes deste elemento.

A fim a manter a energia necessária ao trabalho e o bem estar físico a dieta do cavalo deve ser composta dos seguintes componentes:

Forragem - Este deve ser o principal constituinte da dieta, quer sejam ervas ou forragens conservadas (feno, substitutos do feno e silagem).
 
Cereais - Os cereais mais utilizados são o milho, a cevada e a aveia e são administrados moídos, floculados ou micronizados (cozidos) aumentando a sua digestibilidade.
 
Fibras - Encontra-se na parte fibrosa da casca dos grãos de milho e é ainda utilizada para aumentar o volume das rações.
 
Beterraba  - É utilizado o subproduto após a extracção do açúcar. Deve ser molhado pois caso contrário pode provocar problemas digestivos ao cavalo. 
 
Rações compostas - É um alimento muito completo e equilibrado fornecendo o valor de proteínas, fibras, vitaminas e minerais necessárias ao cavalo.  

Uma alimentação incorreta na dieta do cavalo podem levar a graves complicações. A cólica equina é um dos casos relacionados. Deve-se consultar imediatamente um veterinário caso suspeite de algo. 

 

Confira o vídeo da Valeu Vallée, com o professor Cláudio Haddad, da Esalq/USP que fala sobre o tema e ainda dá dicas de como alimentar os equinos estabulados.

 

Publicado em Manejos

A osteologia é a parte da anatomia que estuda os ossos, e que tem funções de:

  1. Sustentação do corpo;

  2. Atuam como alavancas;

  3. Dão proteção a órgãos;

  4. Servem de apoio p/ músculos e tendões;

  5. Reservas de minerais (especialmente o cálcio e fósforo);

  6. Função hematopoiética (medula óssea).

 

Confira logo abaixo a galeria de imagens do esqueleto:

Axial – que é formado pelos ossos do crânio, colula vertebral, costela e esterno.

Mais Vistos

Principais raças de ovinos

Principais raças de ovinos

Aqui estão listadas as principais raças de ovinos onde podemos...

Confinamento de boi de corte

Confinamento de boi de corte

É chamado de confinamento o sistema de criação de bovinos...

Abscessos causados por brigas em gatos

Abscessos causados por brigas em gatos

Um abscesso se desenvolve quando germes ficam presos sob a...

Ausência de ânus em cães e gatos

Ausência de ânus em cães e gatos

Atresia anal associada a fístula retrovaginal em cães A ausência...

Sanidade em pequenos ruminantes

Sanidade em pequenos ruminantes

A produção de pequenos ruminantes tem apresentado um crescimento mundial...

Ingestão de corpo estranho em cães

Ingestão de corpo estranho em cães

Com grande frequência atendemos pacientes onde os tutores relatam a...

Verminose Equina

Verminose Equina

Os equinos apresentam grande variedade de parasitos, principalmente vermes. Algumas...

Cólica Equina: Causas,Tratamentos e Prevenção

Cólica Equina: Causas,Tratamentos e Prevenção

A cólica equina é uma doença que afeta o aparelho digestivo e...

Hipoglicemia - Perda de consciência e estado de coma

Hipoglicemia - Perda de consciência e estado de coma

A baixa taxa de açúcar no sangue, tecnicamente chamada de...

Colostragem de bezerros leiteiros

Colostragem de bezerros leiteiros

Um dos aspectos mais importantes no sucesso na criação de...

Febre do leite ou hipercalcemia puerperal

Febre do leite ou hipercalcemia puerperal

Paresia bovina do parto, ou também conhecida como Febre do...

Carrapatos transmitem infecções aos seres humanos e animais

Carrapatos transmitem infecções aos seres humanos e animais

Os carrapatos afetam muito mais os cachorros do que os...

O gato Persa

O gato Persa

História   Por volta dos anos 1600, um viajante Italiano,...

Fornecimento de feno de alfafa picado ou peletizado para bezerros leiteiros

Fornecimento de feno de alfafa picado ou peletizado para bezerros leiteiros

A inclusão de forragem na dieta de bezerros leiteiros foi...

Raça: Maine Coon

Raça: Maine Coon

História   Uma das raças mais antigas na América do...

Linfadenite Caseosa (Pseudotuberculose)

Linfadenite Caseosa (Pseudotuberculose)

A Linfadenite Caseosa (Pseudotuberculose) É enfermidade infecto-contagiosa crônica de localização...