Portuguese English French German Italian Russian Spanish
O gato de hoje é oriundo de um ancestral selvagem comum a todos os carnívoros: oMiacidae, que data de 40 milhões de anos atrás, sendo o gato um descendente de uma subdivisão posterior, os Dinictis, de 10 milhões de anos atrás.
Aceita-se hoje que o gato moderno (Felis silvestris catus) seja descendente do gato selvagem africano (Felis silvestris lybica).
 
A partir da África e indo até o Egito, que foi o primeiro povo a adotar o gato como animal de estimação e trabalho.
 
Acredita-se que a aproximação ocorreu de maneira espontânea por vontade própria dos gatos para com o ser humano, devido a benefícios próprios a eles. Na época, as pessoas estavam deixando de serem nômades para se fixarem nos lugares e se dedicarem a atividade agrícolas, consequentemente o acúmulo de grãos trouxe consigo roedores na proximidade, presas agradáveis para os felinos. Se tornou então uma relação interessante para ambos, os roedores saciavam a fome dos gatos e estes faziam o controle dos roedores para o ser humano. Logo começou a ser interessante tê-los por perto.
 
Devido a essa relação um tanto quanto distante, muitas características do gato africano para o de hoje se mantem, por causa desse menos controle e influência pelo homem.
 
Os primeiros indícios da proximidade dos gatos com os seres humanos data de 9.500 anos a. C., na Ilha de Chipre (situada no mar Mediterrâneo), onde foi encontrada uma ossada de um gato de 8 meses enterrada com um humano por arqueólogos franceses em 2004.
 
Já a descoberta de uma estatueta feita em marfim em Israel, de 3.700 a.C., conspira a favor de que os gatos já viviam mais próximos aos seres humanos dessa época.
 
Mas foi no Egito antigo que houve estreitamento da relação homem-gato, há 3.500 a.C., quando se encontram pinturas egípcias de gatos participando de situações do cotidiano, presentes dentro dos lares, quando passaram a ser verdadeiramente adorados.
 
Os gatos eram tão adorados pelo povo egípcio que eles acabaram se tornando uma divindade com corpo de mulher e cabeça de gato, a Deusa Bastet, Deusa da beleza e fertilidade. Além disso, os gatos eram mumificados e enterrados com seus donos e quando um animal morria, as pessoas da família raspavam a sobrancelha para representar seu luto. A adoração era tanta que pessoas que matassem gatos eram condenas a morte e a exportação dos animais também era proibida, porém isso ocorria clandestinamente por viajantes.
 
Os animais foram levados para Grécia e de navio para o Império Romano há 2.500 anos a.C. e a partir deste, chegou em quase toda região da Europa juntamente com a expansão do Império e também foram para o Oriente (Índia e China) pelas rotas comerciais.
 
Porém, na Idade Média, os gatos foram associados as bruxas e logo, dizimados. Há uma lenda de que o Papa Gregório IX tenha determinado que todos os gatos fossem exterminados, além dele dizer que os gatos pretos eram demoníacos e daí surgiu a lenda que existe até hoje que se um gato preto passar na sua frente é sinônimo de azar.
 
Essa paranoia levou a propagação de roedores que transmitiram a peste negra, que dizimou 1/3 da população europeia.
 
Os gatos voltaram a ser criados nas moradias e navios novamente para caçarem ratos. Com o passar do tempo, os gatos passaram a ser considerados finos, ganhando uma boa posição do ponto de vista social, senso inclusive, utilizados como acessórios em eventos pelas damas.
 
A partir disso, os animais começaram a ser modificados para ser utilizado em exposições, começando aí a criação de raças puras com pedigree.
 
A primeira raça criada para tal finalidade foi o Persa, que foi introduzido no continente europeu por um viajante italiano Piero Della Valle e a primeira exposição de gatos ocorreu em 1871 em Londres, quando começou o interesse em se expor gatos pela Europa.
 
Atualmente, são consideradas 60 raças diferentes de gatos, porém todos sem grande variação de tamanho, forma e temperamento, diferentemente dos cães. Acredita-se que seja porque o ser humano não esteve envolvido na criação seletiva destes animais visando algum tipo de trabalho.
 
O gato é o animal doméstico que possui domesticação mais recente entre todos (10 mil anos). Em comparação, a domesticação do cão data de 100 mil anos atrás.
 
A variação genética entre os felinos é muito sutil, dessa mesma maneira suas características comportamentais, sendo o gato selvagem e doméstico ao mesmo tempo, e hoje, o animal doméstico mais popular do mundo.
Publicado em Histórias

Mais Vistos

Principais raças de ovinos

Principais raças de ovinos

Aqui estão listadas as principais raças de ovinos onde podemos...

Confinamento de boi de corte

Confinamento de boi de corte

É chamado de confinamento o sistema de criação de bovinos...

Abscessos causados por brigas em gatos

Abscessos causados por brigas em gatos

Um abscesso se desenvolve quando germes ficam presos sob a...

Ausência de ânus em cães e gatos

Ausência de ânus em cães e gatos

Atresia anal associada a fístula retrovaginal em cães A ausência...

Sanidade em pequenos ruminantes

Sanidade em pequenos ruminantes

A produção de pequenos ruminantes tem apresentado um crescimento mundial...

Ingestão de corpo estranho em cães

Ingestão de corpo estranho em cães

Com grande frequência atendemos pacientes onde os tutores relatam a...

Verminose Equina

Verminose Equina

Os equinos apresentam grande variedade de parasitos, principalmente vermes. Algumas...

Cólica Equina: Causas,Tratamentos e Prevenção

Cólica Equina: Causas,Tratamentos e Prevenção

A cólica equina é uma doença que afeta o aparelho digestivo e...

Hipoglicemia - Perda de consciência e estado de coma

Hipoglicemia - Perda de consciência e estado de coma

A baixa taxa de açúcar no sangue, tecnicamente chamada de...

Colostragem de bezerros leiteiros

Colostragem de bezerros leiteiros

Um dos aspectos mais importantes no sucesso na criação de...

Febre do leite ou hipercalcemia puerperal

Febre do leite ou hipercalcemia puerperal

Paresia bovina do parto, ou também conhecida como Febre do...

Carrapatos transmitem infecções aos seres humanos e animais

Carrapatos transmitem infecções aos seres humanos e animais

Os carrapatos afetam muito mais os cachorros do que os...

O gato Persa

O gato Persa

História   Por volta dos anos 1600, um viajante Italiano,...

Fornecimento de feno de alfafa picado ou peletizado para bezerros leiteiros

Fornecimento de feno de alfafa picado ou peletizado para bezerros leiteiros

A inclusão de forragem na dieta de bezerros leiteiros foi...

Linfadenite Caseosa (Pseudotuberculose)

Linfadenite Caseosa (Pseudotuberculose)

A Linfadenite Caseosa (Pseudotuberculose) É enfermidade infecto-contagiosa crônica de localização...

Raça: Maine Coon

Raça: Maine Coon

História   Uma das raças mais antigas na América do...