Portuguese English French German Italian Russian Spanish
Sinais de estresse para os gatos yourcat.co.uk

Nossos gatos são tão lindos, tão fofos, tão gostosos, que nós gostamos de estar perto, pegar no colo, fazer carinho e abraçar…Ah, abraçar beeem forte…É tão gostoso!
 
Mas para nossos babys pode não ser tão bom assim! Sabe quando a gente era criança e ia se encontrar com a família e vinha uma tia que gostava de apertar nossas bochechas e falar “Ai, que linda que você está!”…ou então apertar nossas dobrinhas e falar “Ai, eu vou morder”…
 
Eu não sei vocês, mas eu odiava aqueles apertões! Bom, é mais ou menos isso para os gatos.
 
Não, eu não estou dizendo que nossos amados não gostam de nós, tampouco que não gostam de carinho…Eles nos amam….de verdade! Mas não gostam de ser esmagados sobre nossos corpos. Acontece que eles gostam de carinho no momento em que eles pedem e adoram. Eles tem o espaço deles e gostam de que isso seja respeitado. Assim como nós também gostamos. Mas é claro que é permitido fazer um chamego neles mesmo nesses momentos…mas de leve e sempre respeitando seu gosto. E, olha só, quanto mais respeito você demonstrar, mais perto de você ele vai querer ficar!
 
Bom, como vocês já leram no texto Comportamento felino, eles precisam do seu espaço, ok. Mas e agora? Como saber se seu gato está verdadeiramente feliz ou se ele está sofrendo de estresse?
 
Aqui vai alguns sinais que eles de como eles podem demonstrar seus sentimentos para nós:
 
  • Dilatação das pupilas
  • Orelhas abaixadas
  • Desvio de olhar
  • Eliminação em local inapropriado
 
Grooming excessivo - Os animais se lambem excessivamente. Consequência: áreas alopécicas (sem pelo), além de vômitos com bolas de pelos constantes e ainda podem chegar a fazerem auto mutilação
 
Compulsão por objetos – nome científico PICA – o gato lambe e morde compulsivamente tecidos e/ou outros objetos.
 
Agressividade (sim, animai agressivos são animais que sofrem de estresse e que encontraram na agressão uma maneira de manter as coisas sob seu controle e assim, diminuir o estresse. Vou escrever um post sobre agressividade, prometo!)
 
Marcação urinária
 
Vocalização excessiva
 
Mudança de habito alimentar (para mais ou para menos)
 
Isolamento
 
Inatividade
 
Como deu para perceber, são vários os sinais que nossos lindos podem nos dar indicando que estão sofrendo de estresse.
 
Além disso, é muito importante lembrar que cada gato é único e que o limiar de estresse (limite) também é variável de animal para animal.
 
Só cabe a nós conhecer e entender o comportamento dos nossos peludos e assim, tentar melhorar a vida deles ao nosso lado e ser feliz!
 
Sarah Paschoal Scarelli =^-^=
  • Nunca administre qualquer tratamento sem consultar um profissional da área. Esse site é meramente informativo e não oferecemos consultas gratuitas.
LINK:

Sobre o autor

Website.: gatalia.com.br

Graduada pela Universidade de Marília - UNIMAR. Atualmente cursando mestrado na área de Clínica Médica Veterinária na UNESP de Botucatu. Atua na área de clínica e comportamento de cães e gatos, com foco voltado para gatos.

 
CRMV: 34.988-SP
 
Contato: (14) 99684-0784
Botucatu - SP
E-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Mais recentes de Sarah Paschoal Scarelli

Mais Vistos

Principais raças de ovinos

Principais raças de ovinos

Aqui estão listadas as principais raças de ovinos onde podemos...

Confinamento de boi de corte

Confinamento de boi de corte

É chamado de confinamento o sistema de criação de bovinos...

Abscessos causados por brigas em gatos

Abscessos causados por brigas em gatos

Um abscesso se desenvolve quando germes ficam presos sob a...

Ausência de ânus em cães e gatos

Ausência de ânus em cães e gatos

Atresia anal associada a fístula retrovaginal em cães A ausência...

Sanidade em pequenos ruminantes

Sanidade em pequenos ruminantes

A produção de pequenos ruminantes tem apresentado um crescimento mundial...

Ingestão de corpo estranho em cães

Ingestão de corpo estranho em cães

Com grande frequência atendemos pacientes onde os tutores relatam a...

Verminose Equina

Verminose Equina

Os equinos apresentam grande variedade de parasitos, principalmente vermes. Algumas...

Cólica Equina: Causas,Tratamentos e Prevenção

Cólica Equina: Causas,Tratamentos e Prevenção

A cólica equina é uma doença que afeta o aparelho digestivo e...

Hipoglicemia - Perda de consciência e estado de coma

Hipoglicemia - Perda de consciência e estado de coma

A baixa taxa de açúcar no sangue, tecnicamente chamada de...

Colostragem de bezerros leiteiros

Colostragem de bezerros leiteiros

Um dos aspectos mais importantes no sucesso na criação de...

Febre do leite ou hipercalcemia puerperal

Febre do leite ou hipercalcemia puerperal

Paresia bovina do parto, ou também conhecida como Febre do...

Carrapatos transmitem infecções aos seres humanos e animais

Carrapatos transmitem infecções aos seres humanos e animais

Os carrapatos afetam muito mais os cachorros do que os...

O gato Persa

O gato Persa

História   Por volta dos anos 1600, um viajante Italiano,...

Fornecimento de feno de alfafa picado ou peletizado para bezerros leiteiros

Fornecimento de feno de alfafa picado ou peletizado para bezerros leiteiros

A inclusão de forragem na dieta de bezerros leiteiros foi...

Linfadenite Caseosa (Pseudotuberculose)

Linfadenite Caseosa (Pseudotuberculose)

A Linfadenite Caseosa (Pseudotuberculose) É enfermidade infecto-contagiosa crônica de localização...

Raça: Maine Coon

Raça: Maine Coon

História   Uma das raças mais antigas na América do...